Etiqueta profissional para homens e mulheres

 

Vários são os fatores que nos fazem realizar a opção por essa ou aquela peça de roupa: as pessoas que iremos encontrar, o dia, o sol, o vento, o evento…

Quando falamos de ambiente de trabalho, o assunto também requer muita atenção. O nosso comportamento profissional deve ser coerente com o nosso vestuário. Se não for um uniforme obrigatório, segue o que se recomenda para o traje em geral: considerar a idade e o físico da pessoa, combinar com a cor dos seus cabelos e da sua pele. Mas neste caso a roupa de trabalho, sofre ainda mais alguns controles: deve guardar uma certa harmonia de nível entre os empregados no sentido de que algum deles não exceda em luxo aos colegas, e sobretudo ao chefe. Porém, não há medidas para o bom gosto. Este não depende de luxo nem precisa respeitar hierarquias.

A seguir, algumas dicas de como se vestir para ir ao trabalho. Confira:

 

Para elas …

– Saias devem ter o comprimento até o joelho. Não se recomenda mais curto do que isso. Essas peças deixam o ambiente informal demais. Deixe para usá-las em seus momentos de lazer;

– As meias compridas são um acessório importante para a elegância, desde que não sejam espessas e chamem muito a atenção;

– Quanto a jóias e bijuterias é conveniente usar o mínimo em tamanho e quantidade. Brincos discretos e pequenos, cintos não muito largos;

– Evite roupas que são coladas ao corpo, curtas e sem mangas, com decotes grandes ou em tecidos transparentes ou brilhantes; a blusa deve ser opaca o bastante para esconder as costuras de peças íntimas. Decotes nunca são uma boa opção! Prefira camisas pólo e, dependendo da formalidade do seu local de trabalho, camisetas simples. Esqueça a blusa tomara-que-caia;

– Usem o jaleco diretamente sobre o vestido ou blusa, que de preferência, tenha gola;

– A maquiagem deve existir em tom ameno, sem exageros e levando em consideração o conjunto de roupas, acessórios e a realidade da empresa;

– Invista nas calças até a canela ou em bermudas sociais. Shorts devem ser poupados.

 

Para eles…

– O uso de paletó e gravata (com o mínimo de estampa possível) é praticamente obrigatório como paramento da liderança, tanto pública como privada. O modo de vestir-se de uma líder/chefe é sempre conservador. Os ternos são em cores escuras, listados ou não, a camisa branca, raramente azul claro, com punhos simples ou duplos, sapatos clássicos, de laço ou de fivelas, meias escuras e gravatas conservadoras. Tanto no governo quanto em empresas privadas os funcionários do alto escalão de chefia, podem usar blazer, mantendo a gravata. Em qualquer dos casos, a camisa a ser usada com o paletó é sempre de mangas compridas. O punho deve ultrapassar a ponta da manga do paletó, ficando cobertas as abotoaduras ou o botão do punho da camisa;

– Nada de camisas de futebol no trabalho. Por motivos óbvios e até em prol da segurança dos funcionários, a maioria das empresas já proíbe a peça. É melhor evitar;

– O jaleco sobre a camisa de gola com ou sem gravata. Ao sair do ambiente de trabalho, o jaleco ou o guarda-pó deve ser despido, porque não é parte do traje social e sua função é restrita ao local da atividade. Jalecos usados em consultórios, hospitais, laboratórios e oficinas não interferem na vestimenta, exceto por dispensarem o paletó ou o blazer;

– Calças muito baixas devem ser riscadas do visual. Não é bacana ficar com a cueca aparecendo. Invista em modelagens mais tradicionais e cortes retos;

– Os jeans devem ser usados com equilíbrio. Aqueles rasgados, nunca! Profissões para o trabalho no campo, no quintal, ou no jardim e nas oficinas podem fazer uso diário dos bem compostos. Atendimento do público, um atelier de arte e um estúdio de fotografia são lugares que se orienta o uso de peças mais formal;

– Não use chinelos e sandálias abertas. No máximo, torne-se adepto do sapatênis. Se a empresa for mais descontraída, aproveite para tirar do armário aquele tênis (em bom estado) que você tanto gosta;

– Não se usam meias claras ou brancas com sapatos escuros. As meias nunca devem ser de cano curto, pois deixam parte das pernas à vista quando o homem se senta. Sapatos sempre engraxados sem dar chance a alguém de saber de onde o outro vem, pelo barro na sola. Roupas limpas e passadas, sem manchas, rasgos ou falta de botões, é um mandamento básico;
– Sempre que possível, use o desodorante e o perfume de modo a não “brigarem” com o cheio do sabonete e da colônia de barbear;

– Homens também têm que ser “higiênico”, ou seja, dentes escovados, mãos lavadas (sempre muito limpas). Não se esquecer de engraxar os sapatos e os pelos sempre bem cortados (nariz, pescoço, orelha e sobrancelha);

– E por último: Seja sempre elegante, limpo, educado e cortês!

 

Salientamos que as dicas servem apenas como modelo para que você se adeque ao perfil de sua empresa. Cuide bem da sua imagem e muito cuidado com os excessos!

Fonte:

http://abrhnacional.org/

http://www.editora-opcao.com.br/ada360.htm

http://www.cobra.pages.nom.br/bmp-vesttrab.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: