Para quem a saudade toca

Escrevo algumas frases (misturando, por vezes, o nós e o eu) elaboradas e pensadas em nossas vivências. Não poderia deixar de expressar algo à quem muito me alegra, em quem penso nos meus dias, em você que me faz bem.

Um abraço é algo tão singular que nos motiva a buscá-lo, a esperá-lo, a repetí-lo.

Há dias de sol, de inverno, de flores e de desfolhagem. Nas 24 horas de todos eles, os dias se tornam tão iguais e tão diferentes ao mesmo tempo, que a companhia de um alguém que nos traga algo singular preenche os espaços vazios que a correria do trabalho, que as grandes tarefas de nossos estudos e outras questões mais nos deixaram despercebidos de preencher.

Em quais braços, haverá maior probabilidade de se encontrar sinceridade e certeza de pureza? Homem, mulher, criança, família, amigos?

Como é difícil começar algo, sem saber como será o seu fim. Mas o que se pode fazer, todo processo é assim! Pelo menos a garantias em algumas linhas de raciocínio de que o fim das coisas é melhor do que o princípio delas.

Se quisermos ter braços verdadeiros, teremos de correr o risco de cair em braços falsos. Se desejarmos possuir carinho, teremos que acompanhar e trabalhar para que os que estão do nosso lado não sejam aqueles que nos trará dor. Mas quem trará dor se não for “de perto”? Os de longe são de longe, estão distantes, mesmo perto.

Entendo que precisamos batalhar para não sentir dor. Eis um dilema apresentado. Da mesma forma que possuo os meus cuidados, as pessoas em quem busco também possuem o mesmo receio, a mesma dificuldade, o mesmo desejo e a mesma necessidade. Nós avaliamos e somos avaliados. Enxergamos falhas e elas também são vistas em nós. Como proceder? Diz alguns acordes que os dias são verdes, vermelhos, azuis, frios, quentes, cheios, vazios… Depende unicamente dos olhos. Depende se nós conseguimos enxergar o que é real ou se nos acostumamos a ver o que queremos, tão somente.

Acompanhe trechos bastante explorados sobre o sentimento amor:

Amor é um fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?  (Luis de Camões)

I Coríntios 13

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Certo dia de inspiração, escrevi palavras em melodias para alguém:

Bom poder confiar / no teu amor que me faz / tão bem me faz conhecer-te mais

Eu quero te conhecer / me aproximar de você /philos assim, eu não encontrei

Mais precioso que bens / te sinto forte em mim / vou te levar comigo além do fim

Faço a oração que Paulo fez e Efésios 3:

14 Por causa disso, me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo,

15 do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome,

16 para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior;

17 para que Cristo habite, pela fé, no vosso coração; a fim de, estando arraigados e fundados em amor,

18 poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade

19 e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.

20 Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,

21 a esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém!

Sentimos algo bom quando perto de quem gostamos. É amor! Pai, mãe, irmãos, cônjuge, amigos…

Se hoje você me permitisse se achegar, não teria melhor ação a lhe presentear do que braços que trabalham em verdade, que trabalham com objetivo de alegrar e de se alegrar. Lhe afirmaria que a caridade nunca morre e que ela cobre todos os aparentes defeitos. Ela me permite ser amado, mesmo sabendo quem sou. Nesse encontro, lhe diria que não sei se sei ser amigo, mas que estou disposto a aprender. Sem se importar com formalidades, lhe daria um forte abraço, e amorteceria minhas expectativas e angústias em seus ombros de verdade.

Saudades de você que tem braços leais, saudade de quem está distante, apesar de meus olhos contemplarem, saudade de quem se foi sem data pra voltar, saudade de quem saiu à pouco de minha companhia.

Os risos, os contratempos, os pedidos de socorro, as músicas compostas e as parodiadas, sou saudoso de todo o pacote. Como é bom sentir saudade, pois me faz valorizar o sentimento de pertença e me faz sentir vontade de compartilhar com outros. Fazer novos e conservar os de sempre. Parabéns pelo dia. Felicidades eternas. Boas escolhas. Quem sabe nossa história passe a ter rima e melodia! Saudades de você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: